domingo, 31 de dezembro de 2017

Karate-Do


O Pai do Karate Moderno

Gighin Funakoshi nasceu em 10 de novembro de 1868 em Yamakawa, Shuri, Distrito de Okinawa. Ele pertenceu a uma linhagem de samurais, cujo os familiares, em tempos remotos, foram vassalos dos nobres da Dinastia Ryukyu.

Aos 11 anos, com seu próprio esforço, ele fez nome na arte marcial no estilo RyuKyu. Começando seu treinamento com o Mestre Azato Anko, não demorou até que ele igualasse sua habilidade à de seu mestre, e dividiu com ele a honraria de ser o “mais completo” praticante dessa arte marcial em sua região. Ele também aprendeu Karate-jutsu (escrito com ideogramas que significam “Arte Marcial Manual Chinesa”) com o Mestre Itosu Anko. Os dois professores ficaram impressionados com sua nobreza de caráter.

Ao longo dos anos ele se esforçou em seus treinamentos e desenvolveu suas notáveis habilidades continuadamente.(...)
...
(textos) - (vídeos)

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

CBK: Luiz Carlos Cardoso é reeleito


O presidente da Confederação Brasileira de Karate (CBK), Luiz Carlos Cardoso, foi reeleito no dia 7 para um segundo mandato à frente da entidade. Sebastião Hermes e Ubiratan Bezerra serão os vice-presidentes. O blog Estilo Shotokan deseja sorte neste novo ciclo e que o karate siga crescendo em nosso país. Oss

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

CBK: Eleição para presidente


O blog Estilo Shotokan é um espaço democrático e destinado a compartilhar novidades e informações sobre nossa arte marcial em geral. Como todos sabem, sou discípulo do sensei Gerardo Coelho e filiado à Federação Candanga de Karate (FCK)/Confederação Brasileira de Karate (CBK). O sensei Gerardo divulgou nota nesta quarta-feira (4) apoiando a continuidade da gestão do sensei Luiz Carlos Cardoso à frente da CBK. Segue abaixo a nota na íntegra. Oss

Nota sobre as eleições na CBK

Estamos nos aproximando da eleição para presidente da Confederação Brasileira de Karate (CBK). Quero deixar aqui registrado o meu respeito pelas conquistas obtidas por nossa arte marcial nos últimos anos aqui no Brasil. A gestão do sensei Luiz Carlos Cardoso (2013-2016) levou nossa nação da 25ª para a 4ª colocação no ranking mundial da World Karate Federation (WKF), o que é um feito notável.

Isso mostra a evolução técnica e administrativa que tivemos neste período. Quem se recorda de gestões anteriores sabe bem a penúria pela qual passamos em alguns momentos. Na condição de técnico da Seleção Brasileira de Kata, tive a honra de participar dessa retomada do nosso espaço no cenário internacional e percebo, no convívio com os atletas, a satisfação de terem o seu esforço reconhecido e apoiado pela nossa confederação.

Encerramos o ano passado com 20 competidores entre os 10 melhores do mundo nas suas categorias, motivo pelo qual parabenizo todos os técnicos. Além disso, 51 árbitros atuaram em eventos internacionais, contribuindo para o aprimoramento das nossas competições internas. Poderia citar outros avanços e ações positivas, mas finalizo reafirmando o meu total apoio ao sensei Luiz Carlos. Com ele, o karate brasileiro seguirá avançando e galgando ainda mais conquistas. Oss

Sensei Gerardo Coelho
Técnico da Seleção Brasileira de Kata



quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Ranking WKF: Brasil fecha o ano em 4º lugar


O karate do Brasil finaliza o ano de 2016 na 4º colocação do Ranking Mundial da World Karate Federation (WKF). O ranking considera os eventos Pan-Americanos, Premier League e Mundiais das categorias Cadete, Junior, Sub-21 e Sênior.

Clique na imagem para ampliá-la

Para se ter uma ideia, em dezembro de 2012 o karate nacional ocupava a 25ª posição. Isso mostra a evolução da arte marcial no país e nos deixa ainda mais esperançosos de um resultado positivo em Tóquio 2020, quando o karate estreará nos Jogos Olímpicos. É preciso seguir trabalhando ao longo deste novo ciclo olímpico para que essa expectativa se concretize. Parabéns a todos os que ajudaram nesse crescimento. Oss

Confira aqui o ranking da WKF.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Documentário: Campeonato Mundial 2016


O Olympic Channel, canal oficial do Comitê Olímpico Internacional (COI), divulgou recentemente o documentário oficial do Campeonato Mundial deste ano, ocorrido em Linz, na Áustria. É mais um reconhecimento da importância do karate no cenário esportivo mundial. Clique na imagem para assistir ao vídeo na íntegra. Oss


quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Kata de Brasília: Confraternização de fim de ano


A seleção de kata do Distrito Federal da Federação Candanga de Karate (FCK) realizou, na noite dessa terça-feira (20), a sua confraternização de fim de ano. Durante o evento foram entregues os troféus por equipe dos Jogos Escolares 2016 e também certificados e troféus para atletas e pessoas que se destacaram por trabalhar em prol do karate.

O encontro contou com a presença de mestres, alunos, pais e convidados e foi conduzido pelo sensei Heitor Hardy, da Hardy Team, e teve como grande homenageado o sensei Gerardo Coelho, líder da Gerardo Coelho Team e técnico das seleções local (FCK) e nacional (CBK) de kata. O evento contou ainda com a presença do sensei Domingos, presidente da Federação de Karate do Planalto Central.

Em sua fala, Coelho fez questão de parabenizar todos os atletas pelo empenho e comprometimento com os treinos e mandou uma mensagem para os pais. "Agradecemos a confiança de vocês no nosso trabalho e a paciência e perseverança no acompanhamento dos seus filhos durante os treinos e as competições. Nosso objetivo aqui não é formar faixas pretas, mas sim cidadãos de bem", afirmou.

Ao final do evento, os participantes confraternizaram com um lanche coletivo e um delicioso bolo feito especialmente para a ocasião. Confira imagens do evento. Para ver todas, clique em "Mais informações" no final do post. Oss






quinta-feira, 17 de novembro de 2016

IV Copa Gerardo Coelho: balanço do evento


Taguatinga recebeu, no último fim de semana, a IV Copa Gerardo Coelho de Karate. O evento foi realizado no ginásio do Taguaparque e contou com grande presença de público e atletas, entre eles o bi-campeão mundial de kumite Douglas Brose.

No sábado (12), foram realizadas as competições de kata e kumite para crianças e adolescentes até 15 anos. Já no domingo (13) foi a vez dos atletas acima de 16 anos. A Copa é uma iniciativa da Associação Gerardo Coelho de Karate (GCK) e conta com o apoio da Confederação Brasileira de Karate (CBK) e da Federação Candanga de Karate do Distrito Federal (FCK). A competição integra o calendário oficial da CBK e vale pontos para o ranking nacional da entidade.

"A realização de um evento como este é sempre um desafio e só tenho a agradecer ao público, atletas e técnicos que nos prestigiaram", afirmou o sensei Gerardo Coelho (7º dan). O mestre agradeceu também a todos os colaboradores, entre mesários, árbitros e auxiliares, e reforçou a importância de se promover o karate-do em sua completude. "Vimos nesses dois dias atletas disciplinados e com uma grande garra. Isso nos mostra que estamos no caminho certo no sentido de garantir a continuidade da nossa arte", concluiu.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas clicando aqui.

Estrutura
Em seu perfil no Facebook, o sensei Gerardo Coelho fez um agradecimento geral e falou um pouco sobre as condições do ginásio que recebeu as competições. "Somos gratos pela parceria com a administração do Taguaparque, mas problemas como goteiras e instalações elétricas insuficientes fizeram com que a estrutura da Copa não fosse aquela que gostaríamos de entregar para todos vocês que nos prestigiaram", disse.

Para o próximo ano, a organização promete uma competição ainda melhor. O objetivo é que a Copa cresça cada vez mais no cenário regional e nacional. Atletas de São Paulo, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, entre outros estados, compareceram nesta quarta edição. Confira imagens do evento (para ver todas as fotos clique em "Mais informações" no canto esquerdo da postagem)!




segunda-feira, 31 de outubro de 2016

IV Copa Gerardo Coelho de Karate


Brasília recebe, nos dias 12 e 13 de novembro, a IV Copa Gerardo Coelho de Karate. Informações sobre programação e inscrições podem ser obtidas pelo e-mail ivcopagerardocoelho@gmail.com. O blog Estilo Shotokan está presente cobrindo o evento. Até lá! Oss


Contato: estiloshotokan@gmail.com

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Entrevista: Douglas Brose


O blog Estilo Shotokan entrevistou, com exclusividade, o bi-campeão mundial de kumite Douglas Brose. Atleta internacionalmente conhecido, Brose foi um dos grandes entusiastas da bem sucedida campanha do karate para entrar nos Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio. Agora, nossa arte marcial tem grandes desafios para consolidar essa conquista histórica. Em breve traremos mais entrevistas com nomes importantes do karate nacional tratando sobre este tema. Abraço e boa leitura. Oss

O bi-campeão mundial Douglas Brose (Foto: Reprodução/Facebook)

Como foi a sensação ao ver que o karate foi aprovado para os Jogos de 2020, em Tóquio?
R: A sensação foi maravilhosa, tendo em vista que a World Karate Federation (WKF) trabalhou muito para conseguir isso. Foram algumas vezes que nós batemos na trave, mas dessa vez deu certo e eu acredito que será bom para o karate mundial a presença nos Jogos Olímpicos de 2020.

Apenas o kumite fará parte dos jogos ou haverá competição de kata?
R: Terá competição tanto de kumite quanto de kata. Serão três pesos no kumite e uma disputa de kata, tanto para homens quanto para mulheres.

Quais os próximos passos? O sistema de competição já está definido (regras, categorias, etc)?
R: O sistema de competição será baseado nas regras da WKF. Quanto às categorias e o sistema de qualificação, estou indo em setembro para a Alemanha e a nossa comissão de atletas, juntamente com a comissão da WKF, irão se reunir e nós daremos algumas ideias de sistema de classificação para os Jogos Olímpicos, mas provavelmente será usado um ranking mundial para que vários atletas tenham a oportunidade. Essa é uma das ideias de classificação.

Já está definida a forma como os atletas serão selecionados em cada país?
R: Primeiro a WKF terá que definir o sistema (de classificação) para que o país possa criar algum tipo de seleção. Acredito que, se a WKF optar pela forma de ranking, as federações nacionais não terão muito trabalho, uma vez que os atletas terão que se classificar nesse ranking mundial. Logicamente terão que estar na Seleção Brasileira, mas, além disso, terão que ter resultados a nível mundial para conseguir essa classificação para os Jogos de 2020 (em Tóquio).

Sabemos que o COI irá observar atentamente as competições no karate e nas quatro outras modalidades inseridas em 2020. Há algum risco de não sermos mantidos nos jogos subsequentes (2024, 2028, etc)?
R: Sim, há risco de não sermos mantidos para os Jogos Olímpicos de 2024. Essa decisão do COI foi somente para os jogos no Japão, então, para os jogos subsequentes, terá de ser feito um novo trabalho, uma nova proposta, uma nova apresentação e, logicamente, nesses próximos quatro anos nós teremos muito que mostrar. As federações e confederações nacionais e continentais terão de ser o mais profissionais possíveis e terão de deixar um pouco do amadorismo de lado para que a gente consiga mostrar um bom trabalho nesses quatro anos para que a gente possa se candidatar para um para um circuito olímpico definitivo para seguirmos nos Jogos após 2020.

Por fim, qual a sua expectativa como atleta para 2020? Este será seu foco nos próximos anos?
R: Com certeza vou batalhar para estar lá. Já estou focado nos Jogos Olímpicos e usando isso como motivação, mas, logicamente, nós temos que ir ano a ano. Este ano nós temos o Campeonato Mundial, no ano que vem nós temos os Jogos Mundiais, no qual fui campeão e vice nas duas últimas edições, em 2018 temos Jogos Sul-americanos de novo, depois Jogos Pan-americanos e, em 2020, os Jogos Olímpicos. Então Tóquio 2020 é com certeza uma motivação, mas vamos passo a passo, ano a ano, para conseguir bons resultados e, consequentemente, ficar bem ranqueado a nível mundial para chegar a uma classificação e, quem sabe, uma medalha olímpica em 2020.

--------------------------------------
Contato: estiloshotokan@gmail.com

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Karate nos Jogos Olímpicos


O karate é uma modalidade olímpica! A decisão foi tomada por membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) em seu congresso realizado em um hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, no último dia 3.

O conselho executivo da entidade aprovou em junho a proposta feita pelo comitê organizador dos Jogos de 2020 de adicionar esses cinco esportes. As modalidades foram escolhidas na fase final da seleção, em junho. Ao todo, oito esportes estavam no páreo. Mas boliche, squash e wushu (arte marcial chinesa) ficaram fora.

Agora, o blog Estilo Shotokan prepara uma série de publicações explicando melhor como foi esse processo e como será a participação do karate me Tóquio, próxima sede dos Jogos Olímpicos. Parabéns a todos os que lutaram para que esse dia chegasse. Oss

--------------------------------------
Contato: estiloshotokan@gmail.com

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Campeonato Brasileiro 2016 – Etapa Classificatória


A cidade de Trindade, no Goiás, recebe neste fim de semana a etapa classificatória do Campeonato Brasileiro 2016 (entre os dias 5 e 7), bem como a 2ª Seletiva Nacional nas categorias Sub-14, Cadete, Junior e Sub-21 (dia 8). O blog Estilo Shotokan não pôde estar lá, mas nossos atletas e técnicos aqui do DF estão publicando fotos que vou compartilhar aqui neste post. Boa sorte aos karatecas. Oss


Delegação do DF antes da saída para Trindade (GO)

Abertura do evento

 Shiran Gerardo Coelho, técnico da seleção de kata

 Jovens de todas as faixas etárias disputam o torneio

Luciene Cristina, Daniely Gisele e Giuliane Batista, atletas classificadas
para a final do Brasileiro 2016

 Foto: Prefeitura de Trindade (GO)/Divulgação

Foto: Prefeitura de Trindade (GO)/Divulgação

Rafael Coelho, classificado para a final do Brasileiro 2016

Contato: estiloshotokan@gmail.com

sábado, 30 de abril de 2016

Brasília pronta para receber a tocha olímpica


por Marcelo Brandão, da Agência Brasil

Brasília está pronta para receber a tocha olímpica na primeira escala do revezamento de um dos maiores símbolos olímpicos no Brasil. Serão 329 cidades a partir de 3 de maio, a começar pela capital federal. Em coletiva de imprensa realizada na manhã de hoje (28), o governador Rodrigo Rollemberg garantiu que a cidade está pronta para receber a tocha acesa em Olímpia, na Grécia, no dia 21 de abril.

“Estamos muito honrados. Brasília será a primeira cidade do Brasil a receber a tocha olímpica. É a oportunidade de mostrar a cidade para o mundo. Está tudo preparado para que a tocha possa passar sem causar grandes transtornos, com esquema de segurança montado. Esse é um momento extraordinário. Queremos que Brasília seja o palco de celebração dos povos”, disse o governador.

O trajeto da tocha será acompanhado por 3,5 mil agentes de segurança pública. A chama olímpica passará por 15 monumentos da cidade, em diversos pontos, incluindo o Estádio Mané Garrincha, Torre de TV, Ponte JK, Catedral, entre outros. A tocha sai da Praça dos Três Poderes às 10h30, passa por Taguatinga e chega ao Riacho Fundo I, regiões administrativas a cerca de 22 quilômetros do centro da capital.

Em seguida, a chama volta à Esplanada dos Ministérios, onde uma festa a aguarda. Artistas locais e nacionais, como Ellen Oléria, Daniela Mercury e Diogo Nogueira farão shows no local até às 23h. De acordo com Rollemberg, o gasto total com a recepção da tocha será de R$ 3,8 milhões. Desse valor, R$ 541 mil com infraestrutura e R$ 800 mil reais com segurança. A contratação de artistas nacionais, no valor de R$ 250 mil, contará com o apoio financeiro do Ministério da Cultura.

Gabriel Hardy será um dos representantes do karate no revesamento

Ansiedade

Serão 143 condutores durante o trajeto da tocha em Brasília. Desses, 25 foram indicados pelo Governo do Distrito Federal (GDF), como ex-atletas e pessoas destacadas em outras áreas. Entre os escolhidos pelo governo da capital estão ex-atletas e medalhistas olímpicos identificados com a cidade, como Joaquim Cruz, Leila Barros, ex-jogadora da Seleção Brasileira de Volei, e Paula Pequeno, também medalhista olímpica de vôlei.

Outro atleta que participará do revesamento é o karateca Gabriel Hardy. O jovem multicampeão terá a honra de fazer parte desse momento histórico e representar o karate, que luta para entrar nos Jogos Olímpicos na próxima edição, em 2020, que será realizada em Tóquio, no Japão.

Serviço:
Revesamento da tocha olímpica
Dia 3 de maio
Local: Esplanada dos Ministério
Horário: 10h30
Confira aqui o trajeto: http://tinyurl.com/gr9wjmw

Contato: estiloshotokan@gmail.com

segunda-feira, 4 de abril de 2016

Especial 'O Melhor do Karate': Tipos de mãos abertas


Continuando a série sobre o livro 'O Melhor do Karate', do mestre Nakayama, apresentamos neste post os tipos de mãos abertas. De acordo com o mestre, são quatro os tipos: SHUTO, HAITO, HAISHU e NUKITE. Nakayama nos mostra ainda outros oito usos especiais da mão aberta, os quais eu abordarei em um outro post. Oss

Veja aqui a primeira parte da série: Tipos de punho

--- AVISO: As técnicas expostas neste blog servem como fonte de pesquisa, mas não dispensam em hipótese alguma o acompanhamento de um instrutor graduado -----

SHUTO (mão em espada) - A borda externa da palma é usada como uma espada 

HAITO (dorso da mão em espada) - A forma da mão é a mesma da mão em espada, mas é usada a borda oposta 

HAISHU (dorso da mão) - Toda a superfície do dorso da mão aberta pode ser usado para golpear 

NUKITE (mão ponta de lança) - Os dedos são retesados, com as pontas levemente inclinadas


Contato: estiloshotokan@gmail.com

Cancelamento: 3º Brasiliense de Karate JKA


A organização do 3º Brasiliense de Karate JKA, que seria realizado no próximo fim de semana (9), informou que o evento foi cancelado. O motivo alegado foi um choque de datas e a competição deve ocorrer no segundo semestre, provavelmente em agosto. Mais informações na página do evento.


Contato: estiloshotokan@gmail.com

segunda-feira, 28 de março de 2016

Douglas Brose conquista o pentacampeonato do US Open

Fonte: AV Assessoria de Imprensa

O carateca brasileiro Douglas Brose conquistou no último domingo (27), em Las Vegas, Estados Unidos, a medalha de ouro no US Open de Karatê, na categoria Kumite até 60kg. Esta foi a sétima participação do atleta na competição, chegando ao pentacampeonato, sendo os últimos quatro de forma consecutiva.

Crédito: Divulgação/Geraldo de Paula

Feliz com mais uma medalha de ouro importante na sua vitoriosa carreira, Brose enalteceu o nível da competição em 2016 . “Nesse ano tivemos um campeonato muito forte, inclusive com a participação do italiano que fez a final comigo e que é um dos melhores lutadores do mundo. A competição serviu como um termômetro muito bom para corrigir algumas situações e chegar bem preparado para o Campeonato Mundial”, declarou o atleta, que é radicado em Santa Catarina.

Após enfrentar um chileno, um uruguaio e um canadense, Douglas Brose encarou na finalíssima o italiano Luca Maresca, um dos atletas mais bem posicionados no ranking mundial. “Foi uma luta duríssima, onde consegui vencer por decisão dos juízes por 3×2, conquistando minha quinta medalha de ouro do US Open em Las Vegas. Agora é continuar treinando forte em busca de mais vitórias nessa temporada”, revelou Brose, bicampeão mundial de Karatê.

Antes de retornar à Florianópolis, onde reside, Douglas Brose participará do evento Arnold Classic Brasil 2016, onde ministrará um seminário na próxima quinta-feira (31), no Rio de Janeiro.

Contato: estiloshotokan@gmail.com

Perfil no Facebook

Perfil do Facebook de Rodrigo Ramthum
Loading...

Humor: Verdades sobre o Chuck Norris